• logo-header
  • Certificação Micro Expressões
  • Contactos
CLOSE

SWAT – The Profilling Specialist

Temos a certeza de que trabalha com colaboradores inteligentes e capazes no desempenho das suas funções, mas, será que está realmente a obter o melhor que eles têm para dar? 

O sucesso do seu negócio depende de uma equipa totalmente empenhada, produtiva e feliz.  

Como garantir que proporciona à sua equipa um ambiente de trabalho que melhor se adequa à sua personalidade, estilo de trabalho e preferências de aprendizagem? 

Conseguir criar uma equipa totalmente funcional, coesa e produtiva é um dos principais fatores influenciadores para ter um negócio ou uma empresa de sucesso. Não é difícil chegar a esta conclusão, mas já não é assim tão fácil criar e manter uma equipa de alto desempenho.

Vamos aqui explorar uma abordagem que lhe fornecerá as bases para a “construção” da sua equipa altamente eficiente.

Esta abordagem conduzirá a uma motivação melhorada, a uma maior produtividade, à redução de despesas com recursos humanos e uma melhor qualidade de trabalho levando o desempenho ao seu expoente máximo.

Como diretor ou gestor numa empresa, essas informações também podem ajudá-lo a tomar decisões sobre recrutamento, gestão de carreiras e promoções, sempre com a finalidade de criar uma equipa mais coesa.

Compreender as diferenças e semelhanças dos outros significa que podemos contribuir para sermos uma equipa mais eficaz. À medida que a nossa equipa cresce, ela também nos ajuda a identificar o “ajuste” certo ao procurarmos equilibrar as competências e criar a tal coesão.

Conhecer para compreender…

O perfil comportamental tem essencialmente a ver com uma maior compreensão:

  • de si mesmo;
  • da sua equipa;
  • de como a sua equipa, enquanto um todo, deve trabalhar de forma mais eficaz;
  • do que/de quem mais pode vir a precisar na sua equipa.

As crescentes pesquisas na área da gestão refletem a necessidade de irmos mais longe no conhecimento das pessoas que trabalham ou podem vir a trabalhar connosco. Os benefícios da descodificação de perfil vão, pois, estender-se a todas as áreas de qualquer empresa/organização. Tal vai ajudar no recrutamento de pessoas, na construção da inteligência emocional e social, na capacidade de fornecer e receber um feedback válido e na clara identificação daquilo que permite criar uma equipa eficaz enquanto inserida numa cultura organizacional única.


A SWAT tem-se dedicado ao longo dos últimos 15 anos a trabalhar com várias organizações em projetos de treino que visam ensinar colaboradores em contacto com clientes a descodificar os perfis desses clientes para que possam ajustar-se a eles e, consequentemente, tornarem-nos leais à marca/empresa. Os resultados alcançados têm-se traduzido em crescentes níveis de satisfação de clientes nas estratégias de “customer experience” dessas organizações.

Agora, a SWAT foi certificada pela DECODE: International Human Decoder Academy® e quer ir mais além, intervindo na raiz das próprias equipas, na sua constituição.

Human Decoding

Queremos estudar o seu negócio e ajudar a criar equipas de excelente desempenho. Tomando em consideração os objetivos da sua organização/empresa bem como a cultura e estratégia do seu negócio, iremos descodificar quais são os pontos fortes de uma pessoa dentro de uma equipa bem como o que os outros membros da equipa valorizam nessa pessoa. Vamos descodificar o perfil comportamental da sua equipa através da nossa ferramenta de Human Decoding®.

Human Decoding® é a ferramenta mais moderna, disponível para todos os profissionais que lidam com as pessoas, o que lhes garante relações de confiança e duradouras, interações mais eficazes e resultados muito superiores.

A ferramenta

Esta ferramenta vai permitir-lhe obter informações sobre a forma como os seus colaboradores preferem aprender, trabalhar e interagir. Usando essas informações, poderá concentrar-se na criação de um ambiente de trabalho mais propício à produtividade da equipa.

Vai ainda permitir-lhe identificar de quem precisa e em que equipa esse colaborador deve estar, tudo isto no sentido de obter um determinado resultado num curto período de tempo e com o número certo de pessoas na equipa.

Por outro lado, as pessoas, em si, beneficiarão do conhecimento de como maximizar os pontos fortes de todos para uma equipa eficaz. Cada um vai poder perceber não apenas quais os seus pontos fortes, mas também como a equipa o vê e o que valoriza na sua personalidade.

Componente prática

A componente prática desta ferramenta permite que se torne suficientemente fácil de interiorizar permitindo que as pessoas a entendam e a apliquem imediatamente nas suas tarefas diárias, ao mesmo tempo que ganham autoconfiança ao longo do processo. 

É importante reforçar também que não há uma fórmula para a equipa perfeita; nenhum perfil é necessariamente bom ou mau, certo ou errado. Trata-se, fundamentalmente, de “encaixar” um papel no contexto da sua própria carreira ou negócio; identificar e compreender os seus próprios pontos fortes e fracos e os dos seus colaboradores e, em seguida, descobrir a melhor maneira de trabalhar em conjunto para que todos se sintam à vontade e apoiados para desempenhar da melhor forma o seu papel.  

A aplicação do Human Decoding® identificará o modo como os vários estilos comportamentais se encontram representados em cada indivíduo e onde estão visíveis os pontos fortes e as lacunas da equipa no seu todo. 

Para a pessoa analisada servirá para lhe revelar quais são, dentre os seus próprios padrões de comportamento, os mais eficazes ou os que podem dificultar a sua eficácia no tipo de trabalho que ela desempenha. 

Como líder, também é importante entender o seu próprio estilo de liderança e como isso afeta a eficácia da sua equipa pois quanto melhor entender a pessoa com quem está a comunicar e quanto mais desenvolvidas estiverem as suas competências de comunicação e influência, melhores serão os resultados alcançados

 

Em resumo

Em resumo, podemos afirmar que a ferramenta de Human Decoding® aumenta as competências de gestão ao nível das pessoas e facilita as iniciativas de retenção de pessoal/talento.

A descodificação do perfil vai proporcionar-lhe uma compreensão mais profunda da sua equipa em que vai conseguir detetar e prever:

  • O que motiva e entusiasma as pessoas no trabalho que fazem;
  • Qual o comportamento expectável das pessoas perante várias situações;·     
  • Como distribuir o trabalho certo para as pessoas certas, maximizando a motivação e o desempenho;
  • A forma como os seus colaboradores comunicam e lidam com conflitos;
  • Como conjugar uma equipa com pessoas de perfis diferentes no sentido de se complementarem e para atingir os vários objetivos da empresa;
  • Como adaptar-se ou reagir à mudança;
  • Como adaptar o seu comportamento de acordo com a situação e as necessidades do negócio;
  • Que estilo de trabalho é melhor para cada colaborador no seu desenvolvimento de carreira;
  • Uma visão profunda dos seus pontos fortes e dos pontos fortes dos seus colegas ou colaboradores;
  • Como detetar forças e fraquezas comportamentais para processos de recrutamento, promoções ou planos de carreira.  

Ao ganhar este maior conhecimento e compreensão das suas Pessoas irá percorrer um sólido caminho e potenciar equipas de sucesso!

Como é que a SWAT pode ajudar?

Entre em contacto connosco através do email paulaserra@swat.pt pois teremos todo o gosto em mostrar-lhe como conhecer melhor os seus colaboradores e formar equipas de sucesso dotando-as de tudo o que precisam para serem tão felizes quanto produtivas.

Autor: Paula Serra

Encourage your employees to learn more.

In a changing business world, there has been a growing concern of companies with issues such as organizational culture, the development of skills and the development of employees through training.

More and more one can conclude that the work environment should be made up of people who are committed to achieving the goals of the company, but at the same time, are happy and in harmony with their work.

Ideally, training and development should be beneficial to all.

All training and development initiatives are important because they help ensure that your team progresses continuously and keeps their skills updated. Additionally, it can help your employees be more productive and simplify processes, resulting in a better overall result.

They are also a great way to increase talent retention because training also shows employees that the company or organization values ​​them enough to invest in their development which can result in higher levels of satisfaction.

Still, let’s face it: most of your employees have a long list of things that have to be done every day … and the training the company wants them to participate in may not be a priority for them simply because they are not willing to spend time on courses that either are not directly related to their careers or do not offer practical skills that they can use immediately in their work.

The Trainers

Trainers on the other hand, suffer from the pressure of having to teach more and more content in less and less time, which can derive into sessions with a methodology based on exposure and where participants rarely have time to apply what they learn. What is taught is not, therefore, “absorbed”.

This puts them in a difficult position as they will have to produce challenging content and create experiences that engage and motivate their audience by focusing on what interests the trainees enough to keep them engaged.

SWAT Training

At SWAT, we charter a participant-centered training with training techniques that ensure us to achieve a greater commitment from the participants.

The interaction between participants and the learning activities we deliver makes us certain that we are applying the best practices in teaching adult professionals and increasing their knowledge.

SWAT has created its own methodology and techniques to make training memorable and unexpected, helping the trainer to teach twice as much in the time available and promoting healthy competition during the sessions, recognizing achievements and rewarding learning and change behaviour.

Below are some of the strategies we use to motivate participants in our training sessions:

1.    Games to Learn

Games are effective when it comes to learning. One of the reasons for this is the “fun” feeling they create in the participants and that have a major impact on how training is perceived. When participants are involved and have fun, they are more likely to remember what they have learned in the long run.

2.    Talk less. Do more.

Surely you want the participants to have more practice and interaction – both with the training content as well as with other people. The important thing is to plan activities and interactions that are directly associated with each training objective.

3.    Challenge training participants

Have you ever thought that instead of listing the training objectives, it may be more effective to start a training experience with a challenge or a goal? The brain is stimulated by surprise, and coping successfully with an unexpected situation causes a huge sense of satisfaction; happier people tend to have more energy and thus to become more involved in the proposed activities.

4.    Apply as if you were working

It’s positive to explain the purpose of each module and content, using real examples related to the daily work of the participant. After introducing a new topic, this one is put into context through examples of situations / roadblocks that are familiar to employees in their workplace and that they probably face daily.

5.    Demonstrate. Repeat. Practice.

It is important to give training participants opportunities to practice and train them in order to make them feel confident when using their new skills.

6.    Think and Share – group discussions

This has always been an effective tool to guide learners in meaningful and relevant discussions and to build group cohesion. Using small groups, discussions and simulations will help create active learning experiences.

7.    Moments of silence for reflection

Writing and silence are also used as tools to promote thought and allow silent reflection without any filters. Using silence and writing, trainees can focus on other points of view.

8.    Laugh to motivate

Humour is a great way to keep participants motivated. The use of comic characters that reflect familiar situations and personalities helps arouse interest.

 

9.    Harmonize the individual interests of the participant

Each training participant is a unique individual with its own goals. Encouraging the participant to work toward those goals through training becomes a powerful incentive to encourage learning.

 

10. Promote feedback by taking advantage of the participant’s experience

The trainer takes the time to get to know his audience to get a sense of where they are in terms of career, what kind of experience they have, what their job descriptions involve, and what they expect to achieve. With this information as a basis, the trainer can better tailor the session to the participants and make the experience relevant.

 

Through these types of activities, we will be able to have participants who think and perceive training as an opportunity for learning and development.

When, in our training sessions, we get participants to relate the issues analysed with themselves and exercise self-reflection, we know that we have built “emotion-centered” learning and have empowered an experience, not just another course.

After Training…

Learning is rarely a single event, and participants start forgetting what they have learned right after training, especially if they don’t put the concepts they have learned immediately into practice.

For this reason, all SWAT programs follow a principle of repetitive learning spaced in time (each new content is preceded by a game to remember everything that has been taught in the previous Modules), ensuring that concepts are reinforced over time to support the acquisition and retention of knowledge in the long term.

In this way, our programs have the ideal duration of two years, divided by several sessions and never overlooking the reinforcement and healthy competition between them.

By broadening the training experience of your employees, you will also increase the benefits of repetitive learning: while trainees, they retain more knowledge when they get the opportunity to apply it several times over several days or weeks throughout the year.

We always include practical opportunities and challenges for people to become active participants in their own learning.

Contact us…

Contact us at paulaserra@swat.pt and we will be happy to show you more about our programs to develop successful teams, providing them with everything they need to be both happy as well as productive.

Author: Paula Serra

Incentive os seus colaboradores a aprender mais.

Num mundo empresarial em mudança, tem sido crescente a preocupação das empresas com questões como a cultura organizacional, o desenvolvimento de competências e a valorização dos colaboradores através da formação. 

Cada vez mais se conclui que o ambiente de trabalho deve ser constituído por pessoas empenhadas em atingir os objetivos da empresa, mas ao mesmo tempo felizes e em harmonia com o seu trabalho.

Idealmente, o treino e o desenvolvimento devem ser benéficos para todos. Quaisquer iniciativas de treino e desenvolvimento são importantes porque ajudam a garantir que a sua equipa progride continuamente e mantém as suas competências atualizadas. Pode ajudar os seus colaboradores a ser mais produtivos e a simplificar os processos, resultando num melhor resultado final. 

São também uma excelente forma de aumentar a retenção de talentos pois o treino também mostra aos colaboradores que a empresa ou organização os valoriza o suficiente para investir no seu desenvolvimento o que pode vir a traduzir-se em níveis mais elevados de satisfação. 

Ainda assim, vamos ser francos: a maior parte dos seus colaboradores tem uma longa lista de coisas que têm que ser feitas todos os dias… e o treino em que a empresa quer que participem pode não constituir uma prioridade para eles simplesmente porque não estão dispostos a gastar tempo em cursos que, ou não se relacionam diretamente com suas carreiras, ou não oferecem competências práticas que possam usar imediatamente no seu trabalho.

Os treinadores

Os treinadores, por seu turno, sofrem da pressão de terem de ensinar cada vez mais conteúdos em cada vez menos tempo o que pode vir a traduzir-se em sessões cuja metodologia assenta na exposição e em que os participantes raramente têm tempo de aplicar o que aprendem. O que é ensinado não é, pois, “apanhado”.

Isto coloca-os numa posição difícil pois terão de produzir conteúdos desafiantes e criar experiências que envolvam e motivem o seu público concentrando-se no que interessa a esses formandos para mantê-los empenhados.

Treinos SWAT

Na SWAT privilegiamos um treino centrado no participante com técnicas de formação que nos garantem alcançar um maior compromisso por parte dos formandos.

A interação entre os participantes e as atividades de aprendizagem que realizamos fazem-nos ter a certeza de que estamos a aplicar as melhores práticas no ensino de profissionais adultos, aumentado os seus conhecimentos.

A SWAT criou a sua própria metodologia e técnicas para tornar os treinos criativos, memoráveis e inesperados ajudando o treinador a ensinar o dobro da matéria no tempo de que dispõe e promovendo uma competição saudável nas sessões, reconhecendo conquistas e recompensando a aprendizagem e a mudança de comportamento.

Abaixo estão algumas das estratégias que usamos para motivar os participantes nos nossos treinos:

1.    Jogar para aprender

Os jogos são eficazes para aprender. Uma das razões para isso é a sensação de “diversão” que criam nos participantes e têm um impacto importante na forma como o treino é percebido. Quando os participantes estão envolvidos e se divertem, é mais provável que se lembrem do que aprenderam, a longo prazo.

 

2.    Falar menos. Fazer mais.

De certeza que pretende que os formandos tenham mais prática e interação – tanto com o conteúdo do treino quanto com as outras pessoas. O importante é planear atividades e interações que estejam diretamente associadas a cada objetivo de formação.

 

3.    Desafiar os formandos

Já pensou que em vez de listar os objetivos da formação, talvez seja mais eficaz iniciar uma experiência de treino com um desafio ou meta? O cérebro é estimulado pela surpresa, e lidar de forma bem-sucedida com uma situação inesperada provoca uma enorme sensação de satisfação e as pessoas mais felizes tendem a ter mais energia e, assim, a envolver-se mais nas atividades propostas. 

4.    Aplicar como se estivesse a trabalhar

Há que explicar o propósito de cada módulo e conteúdo, usando exemplos reais relacionados com o trabalho diário do formando. Após a introdução de um novo tópico, o mesmo é colocado em contexto através de exemplos de situações/obstáculos que são familiares aos colaboradores no seu local de trabalho e que enfrentam diariamente. 

5.    Demonstrar. Repetir. Praticar.

É importante dar aos formandos oportunidades de praticar e treiná-los para que eles se sintam confiantes usando as suas novas competências. 

6.    Pensar e Partilhar – discussões em grupo

Uma ferramenta sempre eficaz para orientar os formandos em discussões relevantes e significativas e para construir coesão de grupo. Usar pequenos grupos, discussões e simulações vão servir para criar experiências de aprendizagem ativas.

7.    Momentos de silêncio para refletir

A escrita e o silêncio também são usados ​​como ferramentas para promover o pensamento e permitir a reflexão silenciosa, sem filtragem. Usando o silêncio e a escrita, os formandos podem concentrar-se noutros pontos de vista. 

8.    Rir para motivar

O humor é uma excelente forma de manter os participantes motivados. A utilização de personagens humorísticos que refletem situações e personalidades familiares servem para despertar interesse.

9.    Conciliar os interesses individuais do participante

Cada participante é um indivíduo único com os seus próprios objetivos. Encorajar o formando a trabalhar em direção a essas metas, por meio de treino, torna-se um poderoso incentivo para o incentivar a aprender.

10. Promover o feedback tirando partido da experiência dos formandos

O treinador investe tempo em conhecer o seu público para ter uma noção de onde se situam em termos de carreira, que tipo de experiência têm, o que as descrições das suas funções envolvem e o que eles esperam atingir. Com essa informação como base, pode adaptar melhor o trabalho em sala aos formandos e tornar a experiência relevante.

 

Através deste tipo de atividades, vamos conseguir ter participantes que pensam e que encaram o treino como uma oportunidade de aprendizagem e desenvolvimento.

Quando conseguimos que os participantes nos nossos treinos relacionem as questões levantadas consigo próprios e exercitem a autorreflexão, sabemos que construímos uma aprendizagem “centrada nas emoções” e potenciámos uma experiência, não apenas um curso.

Depois do treino…

A aprendizagem raramente é um evento único e os formandos começam a esquecer o que aprenderam logo após o treino, sobretudo se não puserem imediatamente em prática os conceitos apreendidos.

Por esse motivo, os programas da SWAT seguem um princípio de aprendizagem de repetição espaçada no tempo (cada novo conteúdo é precedido de um jogo para recordar tudo o que já foi ensinado nos Módulos anteriores), garantindo que os conceitos são reforçados ao longo do tempo para auxiliar a aquisição e retenção de conhecimentos a longo prazo.

Deste modo, os nossos programas têm a duração ideal de dois anos, divididos por várias sessões e nunca esquecendo o reforço e a competição saudável entre as mesmas.

Ao ampliar a experiência de treino dos seus colaboradores, também aumentará os benefícios da repetição espaçada no tempo: enquanto formandos, retêm mais conhecimento quando têm a oportunidade de aplicá-lo várias vezes durante vários dias ou semanas ao longo do ano.

Incluímos sempre oportunidades práticas e desafios para que as pessoas se tornem participantes ativos da sua própria aprendizagem.

Entre em contacto…

Entre em contacto connosco através do email paulaserra@swat.pt pois teremos todo o gosto em mostrar-lhe como conhecer melhor os nossos programas para formar equipas de sucesso, dotando-as de tudo o que precisam para serem tão felizes quanto produtivas.

Autora: Paula Serra